quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Despertando o amor pelas artes

O primeiro contato de Davi com a arte foi ainda em minha barriga, ouvindo música. Muita música, de vários gêneros, e a rotina após o nascimento também é sempre recheada de melodia e ritmo... Quando optamos por uma escolinha e o filhote estava com um ano e um mês, um dos pontos favoráveis da nossa escolha foi contar com aulas de música desde o iniciante (ou berçário).
 
Com a escola vieram as pinturas, esculturas e teatro. Além disso, nos finais de semana sempre buscamos alternativas que incluam música, dança, ou alguma coisa ligada à arte.... Bom... O filhote está cada vez mais demostrando seu amor pelas artes e suas preferências!
 
 
 
Hoje mesmo, na hora do almoço, quando cheguei em casa, ele e o pai estavam encenando uma brincadeira e rapidamente fui incorporada à peça de teatro. Outro dia fizemos um espetáculo de rock dirigido pelo moleque.... Eu era a Mulher Maravilha, a Meire, nossa ajudante, a Shitara, Luciano era o Batman ou o Super Homem.... Tocamos instrumentos, dançamos e lógico, recebemos aplausos e aplaudimos.
  
 
Na escola já está aprendendo que tem gente que vive de arte, como os pintores, escritores, dançarinos... e entre os tópicos do programa que o deixaram entusiasmado está o estudo da vida e obra de Tarsila do Amaral, com direito a uma releitura da obra Ibapuru. A obra de Monteiro Lobato também atraiu muito e as brincadeiras falando de Visconde, Cuca, Emília e Rabicó ainda rondam o imaginário de Davi.
 

Mais recentemente Davi tem demonstrado interesse em saber a diferença entre teatro e cinema, saber como se faz determinada música, quem escreve livros... e assim vai se despertando o amor pelas artes e suas diversas vertentes....
 
Um privilégio!
 

Achado - Calça-Enxuta II

No início da noite escrevi um post enorme sobre o amor de Davi pela arte, mas como escrevi a partir do celular...fiz alguma besteira e só mantive as fotos.... (vou lá escrever novamente....) aí fui olhar se estava no rascunho e achei este relato abaixo, de 2010.... Davi com pouco mais de seis meses....aí vai: três anos depois:

Hoje foi uma manhã deliciosa. Salvador estava fresquinho, Luciano foi trabalhar, a empregada de folga... a casa era minha e de Davi. Dei banho no moleque, coloquei um filme no DVD e ficamos aconchegados. Resolvi estrear a calça-enxuta. Marinheira de primeira viagem que sou, além de rechear a calça plástica com fralda de pano coloquei no Davi uma fralda à moda antiga. Resultado, além de ter ficado enorme, vazou tudo...Uma comédia. Como a tarde saímos, voltamos para as descartáveis... Depois tento novamente e conto como foi! Bom final de domingo, amanhã escrevo mais. O dia foi corrido, cheio de atividades para o pequeno e pra mim!

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Saudades do Rio

Final de agosto eu e Davi demos uma fugidinha para o Rio.
 
Encontramos meus pais,  vovô Fernando e vovó Rosinha, a dinda Nadja,  o tio Luiz Paulo e reencontramos alguns amigos queridos...
 
Foi tão rápido e voltei com tanto trabalho que não registrei. Muito bom poder conviver com quem amamos.  Pequenas rotinas como ir à padaria, tornam-se programas especiais e boas recordações.
Deixo algumas fotos desta viagem. 
 
O sorriso e o olhar de Davi contam o resto...