quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Livro de Receitas do Davi

Ontem recebemos o portfólio da escola de Davi:

Um livro de receitas, todas testadas e ilustradas pelo filhote e coleguinhas do Grupo 3!

Dois livros com os trabalhos de arte,

Um álbum com a linha do tempo de Davi

O livro das atividades em classe!

Davi está tão empolgado que por estes dias os trabalhos ficarão na mesinha do orgulhoso estudante!

Fica o clic do livro de receitas.  Volto depois com novidades!

domingo, 8 de dezembro de 2013

Casa do Papai Noel com os coleguinhas

 
 
Hoje foi dia de Davi visitar a Casa do Papai Noel que desde o ano passado é montada aqui na rua. Bem, no Natal passado achei que o filhote não aproveitaria e não fomos, mas neste ano, valeu! Fomos Eu e Davi, Max e Lilian, e acabamos encontrando a Regi e o Rafa, e virou um programa das três mamães com os seus filhotes!
 
 
Muito bom ver a integração dos três, que se conhecem desde um aninho, da escolinha, e se dão muito bem...Faltou o Henrique nesta foto, outro bagunceiro da turminha, por desencontro não nos vimos por lá....
 
Após o passeio, que teve direito a fantoche, teatro, uma visita à casa do Papai Noel, sentar no trenó, cineminha, o trio acabou vindo aqui para casa e foi muito divertido.... Brincaram, lancharam, se divertiram... Pena que foi rápido, pois estavam cansados os filhos e as mamães, mas outros passeis virão!!!!!

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

O adeus à mamadeira

Davi, hoje com três anos e oito meses, teve a amamentação materna sua principal fonte de leite por dois anos e quatro meses. Seis meses de leite materno exclusivo e em livre demanda, depois complementando a introdução alimentar.

Após um ano e meio, o leitinho ficou restrito à hora do soninho e a momentos de aconchego, quando estava doentinho, cansado, com medo... A decisão de parar de mamar à noite foi tomada em conjunto comigo. Conversei com ele que já era um meninão, que comia tudo, e que estava acordando à noite para mamar mas que a mamãe não tinha muito leite.

A desculpa dada por mim foi bem aceita, uma vez que ele acordava para amamentar, ficava irritado e acabávamos por fazer uma mamadeira. Enfim, paramos com a amamentação e ele ficou com a mamadeira da noite para dormir. Por uma dois meses eram duas e logo depois ficou sendo uma única mamadeira.

Tentamos no início dar com alguma farinha industrializadas, os famosos mingaus, mas o filhote não aceitou bem e ficou mesmo foi com o leite puro. Nos últimos quatro meses, a mamadeira era facilmente esquecida em situações como uma saída, em viagem ou uma festa. Há dez dias, num belo sábado (23/11), quando o pai fez a mamadeira e estávamos seguindo a rotina do soninho ele foi bem enfático: - "Não quero mamadeira ! Não sou mais neném! Mamadeira faz fazer xixi na cama!"

O moleque estava decidido. Até chegamos a oferecer, nos últimos dias um copo de leite, mas ele não aceita. A opção agora é por um copo de iogurte antes de dormir, já que a janta, ainda na escolinha, é bem cedo, por volta das 18h.


E assim, após dois anos e quatro meses de amamentação materna e outros dois anos de mamadeira para dormir (ou na época no meio da noite para complementar o mamá), o filhote finalmente desmamou, e passa para um próximo estágio...

Muito gratificante acompanhar esta descoberta.....
 

Você trabalhou um pouquinho?

Sabe aquela fase do "por que?",  na qual os pequenos procuram saber cada detalhe do que está acontecendo? , em que buscam compreender as causas e efeitos.
Estamos nesta deliciosa fase de aprendizado e descobertas.
Davi, de vez em quando, manifesta sua insatisfação quando eu vou pro trabalho, argumenta que devo ficar com ele, que não é mais meu amigo!
Sempre respondo que precisamos trabalhar para pagar as contas, comprar comida, brinquedos, pagar a escola, etc. 
Como também tem demonstrado suas predileções, a vontade de ir na banca de revistas, explorar as várias opções de títulos infantis, é verbalizada constantemente.
Outro dia, voltávamos da escola e o filhote sai com esta: - "Você trabalhou um pouquinho hoje?"
Respondi prontamente que sim e retruquei: - "Porque meu filho?" E ele: - "Porque se você trabalhou um pouquinho já tem um pouquinho de dinheiro para comprar revista!"
Não resisti ao argumentos e estacionamos na banca... 
 

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Pequenos gestos, amor imenso!

Ontem, como todos os dias, na hora do almoço, desliguei-me da rotina do trabalho e parei para brincar com Davi.

Cada dia o repertório é um: brincamos de super-heróis, imitamos animais, fazemos compras em lojas imaginárias, com direito a troco, mercadoria e tudo mais.

Quando chegou a hora de levá-lo, ele trouxe um brinquedinho, um boneco do Tigrão da turma do ursinho Pooh e demonstrou com um pequeno gesto, o imenso amor de um filho por sua mãe:

- "Leva para o seu trabalho, é para você brincar depois do lanche!"

É ou não é uma demonstração e tanto de carinho?



segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Meirinha.... babá e companheira de bagunças

Em setembro Meire completou dois anos trabalhando conosco. Davi vai para a escola a tarde então, ela fica com o filhote pela manhã.  Sempre com muito alto astral. O filhote gosta muito dela e no mês em que ela ficou de férias, apesar de ter adorado o integral na escola, perguntava diariamente: - É hoje que Meire vem?

Não sou muito fã da babá como é adotado por aqui, aquela moça que substitui a mãe, até mesmo nos fins de semana e festividades. Mas a realidade realidade da dupla jornada, em que trabalhamos fora, estudamos, temos eventos, é um serviço necessário e que deve ser muito valorizado.


É impressionante como os dois se dão bem brincando! Quebra-cabeças, carrinho, super herói, bola. Cada dia uma rotina de brincadeiras e atividades. E Meire soube respeitar nossa decisão de que o menino assista o menos de TV possível. Geralmente quando estamos almoçando...

Este post é uma homenagem a esta mulher que sai bem cedinho de casa para nos ajudar com nosso pequeno e que fica até o meio da tarde, encarregada da limpeza e organização, para que nossa casa fique bem organizada e possamos descansar à noite...

E também para o Davi sempre lembrar desta mulher que durante um tempo bom de sua infância o acompanhou em suas fantasias.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Aliado dos restaurantes... (Setembro de 2011)

Tá ai, mais uma postagem que por distração desta blogueira ficou retina na caixa de rascunhos....

Projeto limpando a casa 2013, para 2014 com mais dinamismo...

Aí vai o texto escrito no final de setembro de 2011... E um filhote bem menorzinho e como sempre lindo....


Hoje (set/2011) estava afim de dar uma relaxada após o trabalho, afinal, amanhã tem trabalho e o rítimo está corrido. Como temos nos revesados nos happy hours com amigos, desde que Davi nasceu, dei a ideia de irmos a uma hamburgueria gourmet recém inaugurada.
 
Tive esta ideia porque conheci o dono há algumas semanas, perguntei se tinha espaço para crianças e ele me disse que tinha giz de cera e papel para os pimpolhos brincarem. Bom, hoje resolvemos experimentar. Foi corrido e o filhote estava com soninho, depois de uma tarde na escolinha, mas mesmo assim brincou com o giz,  tomou suco, etc...

Há duas semanas, quando fui para BH com Davi para celebrarmos o aniversário de minha mãe e o casório dos meus pais, resolvi apostar

Um mês em nova rotina (com quase três anos de atraso!)

Este texto foi de junho de 2011 - Quando voltei a trabalhar após longa temporada como freela ~]

(autônoma) e após ficar por um ano com o filhote). Não sei porque se perdeu por aqui....


Ontem completou um mês que comecei a trabalhar na A&G.

Desde Brasília não cumpria horário, ainda mais 8h por dia...

Agora estou no esquema de 8h às 18h, com duas horas de almoço que dão para vir brincar com o

Davi, almoçar, levá-lo à aula e fazer algo rápido.

Nas duas primeiras semanas fiquei exausta...

Ainda mais que peguei eventos à noite e emendei...

Mas agora o corpo e mente estão se adaptando.

Estava sentindo falta de uma rotina  com profissionais da minha área e estou gostando bem do que faço por lá...

Em casa, as coisas ainda precisam entrar no ritmo...

A empregada nova ainda está se adaptando ao trabalho da casa.

Com o Davi fica bem, embora ainda precisemos de uns ajustes...

Chega sexta e fico doida para curtir o tempo de folga, o Davi, a vida...

É isso, novos tempos, mãe, mulher e trabalhadora...(jornalista).

Mais uma vez lembrei da Zelda Scott (Andréa Beltrão) - filha do exilado político (Paulo José) e estagiária do jornal Correio do Crepúsculo, quem viveu os anos 80 se lembra....

Outra postagem perdida

Estava aqui organizando o blog, que este ano ficou muito parado mas que em 2014 terá um novo projeto e será muito mais ativo....aguardem.... Quando me deparei com esta foto arquivada. Eu e Davi, Raquel e Rebeca (minhas cunhada e sobrinha). O click foi em julho de 2012, quando passamos uns dias em Fortaleza!
 
Quase que deixo de postar, mas gostei do registro e está aqui, para recordar!
 
 

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Despertando o amor pelas artes

O primeiro contato de Davi com a arte foi ainda em minha barriga, ouvindo música. Muita música, de vários gêneros, e a rotina após o nascimento também é sempre recheada de melodia e ritmo... Quando optamos por uma escolinha e o filhote estava com um ano e um mês, um dos pontos favoráveis da nossa escolha foi contar com aulas de música desde o iniciante (ou berçário).
 
Com a escola vieram as pinturas, esculturas e teatro. Além disso, nos finais de semana sempre buscamos alternativas que incluam música, dança, ou alguma coisa ligada à arte.... Bom... O filhote está cada vez mais demostrando seu amor pelas artes e suas preferências!
 
 
 
Hoje mesmo, na hora do almoço, quando cheguei em casa, ele e o pai estavam encenando uma brincadeira e rapidamente fui incorporada à peça de teatro. Outro dia fizemos um espetáculo de rock dirigido pelo moleque.... Eu era a Mulher Maravilha, a Meire, nossa ajudante, a Shitara, Luciano era o Batman ou o Super Homem.... Tocamos instrumentos, dançamos e lógico, recebemos aplausos e aplaudimos.
  
 
Na escola já está aprendendo que tem gente que vive de arte, como os pintores, escritores, dançarinos... e entre os tópicos do programa que o deixaram entusiasmado está o estudo da vida e obra de Tarsila do Amaral, com direito a uma releitura da obra Ibapuru. A obra de Monteiro Lobato também atraiu muito e as brincadeiras falando de Visconde, Cuca, Emília e Rabicó ainda rondam o imaginário de Davi.
 

Mais recentemente Davi tem demonstrado interesse em saber a diferença entre teatro e cinema, saber como se faz determinada música, quem escreve livros... e assim vai se despertando o amor pelas artes e suas diversas vertentes....
 
Um privilégio!
 

Achado - Calça-Enxuta II

No início da noite escrevi um post enorme sobre o amor de Davi pela arte, mas como escrevi a partir do celular...fiz alguma besteira e só mantive as fotos.... (vou lá escrever novamente....) aí fui olhar se estava no rascunho e achei este relato abaixo, de 2010.... Davi com pouco mais de seis meses....aí vai: três anos depois:

Hoje foi uma manhã deliciosa. Salvador estava fresquinho, Luciano foi trabalhar, a empregada de folga... a casa era minha e de Davi. Dei banho no moleque, coloquei um filme no DVD e ficamos aconchegados. Resolvi estrear a calça-enxuta. Marinheira de primeira viagem que sou, além de rechear a calça plástica com fralda de pano coloquei no Davi uma fralda à moda antiga. Resultado, além de ter ficado enorme, vazou tudo...Uma comédia. Como a tarde saímos, voltamos para as descartáveis... Depois tento novamente e conto como foi! Bom final de domingo, amanhã escrevo mais. O dia foi corrido, cheio de atividades para o pequeno e pra mim!

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Saudades do Rio

Final de agosto eu e Davi demos uma fugidinha para o Rio.
 
Encontramos meus pais,  vovô Fernando e vovó Rosinha, a dinda Nadja,  o tio Luiz Paulo e reencontramos alguns amigos queridos...
 
Foi tão rápido e voltei com tanto trabalho que não registrei. Muito bom poder conviver com quem amamos.  Pequenas rotinas como ir à padaria, tornam-se programas especiais e boas recordações.
Deixo algumas fotos desta viagem. 
 
O sorriso e o olhar de Davi contam o resto...
 

domingo, 18 de agosto de 2013

Criatividade

É impressionante como as crianças imitam tudo o que fazemos.

Esta semana tive que trabalhar em casa e Davi resolveu trabalhar também.

Pegou a carteira de documento do carro,  posicionou e disse: 

Pronto!

Começou a "trabalhar",  "ligou o Skype para conversar com os vovós", "digitou", enfim, se divertiu

com seu computador imaginário.
 
Melhor que qualquer notebook infantil. ..
 

domingo, 11 de agosto de 2013

Domingo no zôo

Semana passada finalmente conseguimos marcar um passeio com alguns dos amiguinhos da
escola de Davi: Henrique e Max.  A prima Rebeca,  que estava de férias em Salvador também foi ao passeio e foi muito legal ver os meninos se integrando, participando e felizes pelas famílias estarem juntas no Zoológico de Salvador. A atração dos animais, que desta vez foram pouco fotografados pelos pequenos é sempre uma delícia de testemunhar! 
 
Como desta vez eles não foram muito fotografados por mim, fica o registo feito pela mãe de Max, Lilian, uma foto minha com os meninos...

O  mais legal nisso tudo é ver o filhote contando várias  vezes:
 
Você sabia que um dia eu, Henrique e Max fomos para o zoológico juntos? A gente viu o camelo!
Agora eles vêm brincar aqui em casa.!
 
Muito legal ver esta construção de amizade já na primeira infância....
 

sábado, 27 de julho de 2013

Ajudando em casa

A cada dia que passa, cada vez mais, Davi gosta de participar das atividades de casa.
Ajudar na arrumação da cama, a lavar a louça, a fazer sua mamadeira.
Bem, quando o assunto é  guardar os brinquedos depois da farra,
nem sempre acontece...
Muitas vezes ele dorme antes de guardar - seja a soneca do dia ou o sono da noite.
E quando guarda as roupas no armário?
Bem, dobra do seu jeito e organiza também da sua forma.
Mas o legal dessa vontade de ajudar é o espírito colaborativo
que as crianças têm naturalmente, e que os adultos deveriam incentivar...
O filhote pode estar na dele com um livrinho, ou vendo TV,
mas é só ver um de nós lavando louça ou colocando a mesa que se prontifica a ajudar.
No click está ajudando a tia "Neiloca cara de pipoca", minha amiga Neila,
que chegou há pouco mais de dois meses para Salvador e ficou um período conosco,
até arranjar seu apê. Mudou-se ontem!
E já deixou saudades!!!
Bagunceira, segundo o Davi, e muito animada!
Mas a bagunça vai continuar quando formos visitá-la.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Eu gosto primeiro. ..

A formação do vocabulário dos pequenos acaba sendo bem divertida.  Outro dia comentando com Davi que gosto de Meire,  nossa ajudante, ele solta: - Eu gosto primeiro....

E aí começou. ..

Para dizer que gosta mais de atempolguém ou algo,  usa e abusa da frase...

Uma delícia. ...

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Adeus às fraldas

Hoje completamos a quarta noite em que Davi optou por não usar mais a única (ou únicas) fraldas do dia, as noturnas.

Há cerca de dois meses ficava repetindo que não usava mais fralda, mas acabávamos colocando quando o filhote dormia.

A última fralda acabou na segunda, íamos comprar quando falei.... porque não o deixamos sem fraldas, afinal ele não gosta...

Enfim... novo forro para o colchão, novos lençóis e a orientação para ir ao banheiro antes de dormir...

Mais um sinal de que nosso filho já é um meninão de três anos e três meses, e que há muito deixou de ser aquele bebezinho.

Desde os seis meses fica de cuequinha em casa e usa pouca fralda, com a entrada na escolinha, o desfralde foi iniciado no Grupo 2.

 Hoje, no Grupo 3, às vezes se empolga com alguma brincadeira e esquece de ir ao banheiro, mas já é um menino independente, vai sozinho ao banheiro e não gosta de ajuda...

domingo, 9 de junho de 2013

Dia de bagunça

Já recuperado da alergia, combatendo agora uma faringite. Mas sempre com tempo de bagunçar com o amiguinho Martim...

Lavando as mãos antes da pipoquinha...

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Sala de espera

Estamos aqui,  esperando o pediatra. Davi entretido ouve eu perguntar idade de menina que está ao lado do pai.

Solta esta: Pai dela!Ela vai fazer dois anos? 

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Susto

Ontem, duas horas depois da última pastagem, fui buscar o filhote na escola.
A alergia voltou. 
Resultado: eu e Luciano partimos pro hospital com Davi.
A pediatra desconfia que um xarope desencadeou a reação alérgica.  Além disso,  foi diagnosticada uma otite.
Enfim... filhote medicado e a gente acompanhando efeitos...
Sigamos em frente. ..

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Alergia Alimentar?

Ontem levei um susto ao receber um telefonema da escola, avisando que Davi estava todo empolado e se coçando. Como teve aniversário de um coleguinha, pode ter sido alergia alimentar, mas só os exames irão confirmar.
Ministramos um anti-alérgico indicado pelo pediatra. Como as urticarias cederam , não foi necessário ir ao hospital. Iremos em uma consulta.

No último mês, o filhote teve alguns episódios de febre, ou que é normal nesta época de chuva. Ontem, de diferente Davi experimentou um pouco de café diluído no Kefir, mas o provável foi algo da cobertura do bolo...

Esperemos...

Hoje, como trabalhei em casa pela manhã, observei a boa disposição do filhote. Enquanto eu trabalhava no computador, ele optou por trabalho com tinta!

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Criatividade em dia de chuva

Tempo chuvoso em Salvador exige bastante criatividade para entreter a garotada, sobretudo durante a semana, quando trabalhamos e não podemos sair para lugares fechados como museus, shoppings, livrarias e outros.
 
Massinha, tinta, quebra-cabeça, desenhar com canetinha e giz de cera e muita imaginação ajudam a passar o tempo e gastar energia. Hoje, após uma noite de muita chuva, a manhã começou com a pintura de um quadro a quatro mãos: minhas e do filhote....
 
O restultado fico bom....Veremos o que inventamos nos próximos dias!!!!







sexta-feira, 19 de abril de 2013

Quebra-cabeça hobby do dia a dia

Desde pequeno (está bem, ele ainda é pequeno) Davi gosta do desafio de montar e encaixar: Blocos de encaixes diversos, quebra-cabeça (em madeira, acartonados, de papel), peças com formas e cores diveras em madeiras para empilhar e encaixar, entre outros... 

Aos dois anos, em seu aniversário, grande parte dos presentes foram jogos diversos, que o estimularam ainda mais a se aventurar em seus desafios. Cada criança tem atração por um tipo de brinquedo, e os de montar estão entre os prediletos do filhote.



Atualmente, com três anos, os quebra-cabeças são um hobby do dia a dia do moleque que no último aniversário ainda ganhou mais alguns para suas coleções. Agora o hobby está sendo incorporado também à rotina da mamãe.

Hoje mesmo vou dar início a um grande quebra-cabeças que ganhei do meu mano já há mais de um ano e que virará quadro!

Quem disse que os pequenos não ensinam os grandões????

sexta-feira, 29 de março de 2013

Meninão

Brincando de fazer compras, no Museu da Criança
 
 
 

Dia 26, terça-feira passada, Davi completou três anos de idade. Uma delícia perceber a evolução e desenvolvimento daquele bebezinho que já é um menino, cheio de personalidade e ávido pelas descobertas.

Os porquês estão começando a aumentar, as brincadeiras que emitam o cotidiano estão cada vez mais comuns e os diálogos mais complexos. O filhote já se expressa muito bem e manifesta contentamento e descontentamento com algumas situações, já escolhe o que vai vestir, e gosta de fazer as coisas sozinhos.

O entendimento das relações entre as coisas e pessoas aumentou sensivelmente, assim como o interesse por livros e pelas histórias dos desenhos animados.

Para nós, pais, fica o desafio de colocar limite com carinho, ajudar na descoberta do Mundo e proporcionar uma infância sadia, com brincadeiras, convívio com outras crianças, boa educação e alimentação.

O meninão adora dizer que não é nenem e vive a contradição de toda criança:

- Mãe, eu sou grande?

No outro dia nova teoria...

- Eu não sou grande, eu sou pequenininho....

A explicação, nem sempre convicente, da mamãe....

- Você já não é bebê, é um meninão, mas quando está perto de crianças maiores e de adultos, é pequeno!!!


Êta mundo complexo sô!!!!





quarta-feira, 13 de março de 2013

Aqui não é seu trabalho!!!

Hoje busquei Davi na escola e tive algumas pendências para terminar aqui de casa.
 
Estava escrevendo um email e o filhote assistindo um desenho animado quando ele começa:
 
Mãe, para de trabalhar!
 
Aqui não é seu trabalho!!!
 
Depois, me olha pensativo e pergunta:
 
Aqui é o seu trabalho?
 
Minha resposta?
 
Depende meu filho, às vezes tem que ser....
 
Estes meninos!!!!

quarta-feira, 6 de março de 2013

Negociando....

A primeira mamadeira de Davi é parecida

Com o tempo e o desenvolvimento da fala, as crianças ficam boas nos argumentos. Outro dia estava conversando com o Davi e tentando negociar que após os três anos, que chegam agora no dia 26, ele não precisa tomar a única mamadeira da noite, para embalar o soninho.
Como ele amamentou até 2 anos e 4 meses e não é um viciado em mamadeira. (nas primeiras semanas acordava pedindo mamadeira, mas em pouco tempo parou), não sou tão encanada. Mas mesmo com o bico de transição, acredito que pode tomar um copo de leite morno em um copo convencional mesmo, afinal, já é um menininho.
Bem, sabe qual foi a resposta em forma bem explicativa?
- "Não mamãe. Eu não sou mais nenem, não preciso do seu peito, mas preciso da mamadeira sim!!!!
Tá aprendendo ou não a argumentar este menino????


sexta-feira, 1 de março de 2013

O fascínio pelo fundo do mar

Um dos fascínios de Davi e da maior parte das crianças é pelos animais. No caso do filhote, após um ano de projeto (na escola) sobre o mundo do fundo do mar, aprendendo os encantos de peixes, tartarugas, polvos, etc, a admiração pelos animais marinhos é ainda maior.


Domingo passado resolvemos levar o moleque no Tamar - projeto de preservação de tartarugas marinhas, lá na Praia do Forte. Além de um dia delicioso, com contato com a natureza, os animais, e muito mergulho, um momento de aprendizagem enriquecedor.

As tartarugas imensas, os ovinhos e as réplicas dos filhotes foram um atrativo a parte, mas as arraias e os tubarões foram os animais que mais chamaram a atenção do pequeno.

Esta semana, nas brincadeiras do dia-a-dia, Davi tem imitado o tubarão, reproduzimos o mar no meio da sala, usando como cenário nosso tapete de golfinho, bichos de pelúcia e brinquedos de praia.

Ah, e a tartaruga de pelúcia é a nova companheira de sono!


 
De minha parte, ficou a grata surpresa de voltar ao projeto Tamar, depois de muitos anos, e encontrar um local organizado, com filme que é atrativo até mesmo para as crianças, infraestrutura limpa e agradável.

Para quem quiser conferir fica a dica. Quem chegar até 9h não paga o ingresso!!!

Vale madrugar e conferir!!!



domingo, 24 de fevereiro de 2013

Foto perdida!!!


No final de janeiro de 2012, a dinda Nadja esteve em Salvador para nos visitar... Ainda morávamos na outra casa e Davi deu um trabalhão no correrdor do prédio... Ia e voltava no "bibi", comandado pela tia.

 Esta foto estava aqui, salva como rascunho - passou um ano e acabei não deixando nenhum registro por aqui...

Davi agora está maior, mais falante e acabou de chegar da casa da Dinda... mas fica o registro para matar a saudade!!!!

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Pureza e espontaneidade


A pureza e a espontaneidade das crianças é algo que deveríamos sempre cultivar em nossas próprias relações. O filhote, que em um mês e quatro dias completa três anos de idade, demonstrou de forma muito gostosa esta inocência em dezembro, quando minha mãe chegou de viagem para uns dias em Salvador.
 
Como o vôo atrasou um pouco, eu e vovó Rosinha chegamos em casa por volta das 2h . Davi estava dormindo, mas como já estava ansioso com a vinda da avó que não via há alguns meses, não demorou em acordar. Ficou agitadíssimo, querendo brincar e mostrar tudo... Como vi que não teria como acalmá-lo, sugeri um banho, aproveitando que minha mãe tomaria uma ducha.
 
Aí eu pergunto:  - Você não quer tomar banho com a vovó?
A resposta é um delicioso sorriso e uma correria em direção ao pai, que estava deitado: -  Levanta papai, vem tomar banho com a vovó!!!
 
Rimos muito e explicamos que a vovó não poderia tomar banho com ele e com o papai, seria apenas com o netinho, que é criança...
 
Espontaneidade de querer todos juntos, demonstrações de afeto distintas das esperadas pelas convenções sociais, vamos perdendo isso com o passar do ano, mas é o que fica destes anos tão gostosos de descobertas, na infância.
 
Esta história aconteceu na madrugada de 19/12/12, a foto, de Davi com o papai olhando os aviões, no aeroporto, foi na despedida da Vovó e do Vovô Fernando, no dia 01/01/2013... Foram poucos dias que deixaram saudades!!!!

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Desmonte do berço

Desmontamos do berço de Davi no início de dezembro de 2012, o moleque já não ficava na mini-cama (do berço original) nem mesmo nas sonecas da manhã, achava pequena e lógico, uma boa desculpa para dormir com a mamãe e o papai...

Arranjamos uma neném que iria ganhar o berço e fomos desmontar. Davi ajudou o papai e foi uma feasta!!! Agora em fevereiro vai visitar a menininha que nasceu no início de janeiro. Optamos pelo berço que vira cama muito mais pela dica das vendedoras, que asseguraram que ele aproveitaria até quatro anos. 

Na prática vimos que não é o ideal...

Melhor colchão no chão ou uma cama de solteiro baixinha, para dormir com grade ou sem....

O filhote ainda aproveita bem a cama da mamãe e do papai, mas adora a nova cama grande... 

Do berço mesmo, apesar de ter ficado montado dois anos, boas lembranças dos primeiros meses e local para as sonecas diárias.... o sono noturno, sempre era complementado na cama da mamãe e do papai...


Fica o registro de Davi participando do desmente do berço...


Outro dia voltamos aqui com a foto da cama nova!!!!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

56 dias depois!!!!



Após um fim de ano muito gostoso com a maior parte de minha família em casa (Pai, mãe e irmã, faltaram o mano e a cunhada), Natal em casa com familiares dos dois lados (meu e do maridão), Ano Novo entre amigos queridos (Ellen, tio Nelson e cia), pequenas férias no trabalho e um Verão que tem sido bem aproveitado com o filhote, volto a postar aqui no blog.

Nunca pensei que Descobertas com Davi seria um nome tão apropriado para este espaço. A cada dia um novo aprendizado, recíproco, entre mãe e filho. Tenho redescoberto, com a maternidade, que pequenos gestos, como montar um quebra-cabeça ou jogar bola podem ser uma delícia e repletos de significados. Que ler um livro bem acompanhada por uma criança curiosa é ótimo, mas que escutar a história contada por Davi é muito melhor.

Retomo o blog neste ano de 2013 na véspera do Carnaval, decidida a registrar aqui frases e acontecimentos que com certeza marcam o dia-a-dia de muitos pais, mas para nós, que vivemos pela primeira vez esta experiência, são inéditas. E com certeza, como os personagens são distintos, cada qual tem um significado muito peculiar.

Feliz Ano Novo!