sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Maternagem além da teoria

Estava "passeando" aqui no Blog e achei o comentário abaixo que uma leitora deixou há dois anos (14 de outubro de 2010):

"Oi! Adorei a "dica"... Outro dia li um post de outro blog, falando que por mais que a gente se prepare na teoria, a prática de ser mãe de primeira viagem é super diferente. Bom, até ai, nem me abalei, porque afinal é assim com quase tudo... Teoria e prática andam juntas, mas não são a mesma coisa. Vc sai da faculdade lotada de teoria, mas a prática se revela diferente, e vc se depara com desafios que nunca foram ensinados na teoria.
Mas o que me chamou atenção no post, e que sim, me deixou preocupada (estou grávida de 5 meses), foi que a mãe-blogueira entitulou o post assim: "Coisas que eu não sabia antes de o bebê chegar" e logo no começo do post ela diz que "tem coisas que ninguém te conta sobre um bebê e, depois que você é mãe, continua não contando, para não fazer as outras mulheres desistirem de ser mãe"...
Nossa, mas tem algo tão terrível assim, ou a mocinha tava só fazendo um drama?"


Na época, Davi era tão novinho, ia completar sete meses, que não me dei conta do tamanho absurdo que minha leitora tinha visto em outro blog do mundo virtual.  "Não contar algo sobre bebês para não assustar futuras mamães?

Fiquei pensando:  o que eu esconderia das pessoas para evitar este risco? Comecei a rir sozinha! O que é isso? Uma conspiração para evitar que a população pare de crescer? Continuo buscando apoio em livros e na discussão com outras mães, buscando o melhor para o filhote em vários campos: educação, alimentação, saúde, mas acredito na maternagem além da teoria, desde o nascimento.

A teoria te dá uma base, mas seus valores, estilos de vida e intuição fazem o resto. O convívio de qualidade, a dedicação de parte do meu dia para conversar e brincar, para momentos de aconchego e carinho são parte da fórmula que construí com meu marido em nosso dia-a-dia, e considero que são fundamentais para a construção desta relação de amor e de troca. 

Sei que muito contribuímos para o adulto que Davi será, mas o molequinho, tem muito a nos ensinar. Sobre senso de humor, capacidade de se doar, de observar e aprender. Além disso, não existem apenas os registros positivos que costumamos deixar blogs e álbuns de fotografia, existem dificuldades, aprendizagem, adaptação, mas isso não acontece também no seu trabalho, no relacionamento de casais, amigos e familiares?

Quando penso em maternagem, levando o termo ao pé da letra, considero que precisa ter dedicação, comprometimento e, mais que tudo, é fundamental entender que sua vida  nunca será a mesma! E isso é um fato positivíssimo. Por um tempo haverá menos farra pela noite, os programas de finais de semana envolverão personagens infantis, parques, praças, praia... Mas é tudo muito gostoso! E pelo que me contaram por aí, passa muito rápido!

É isso, e para você? Como é ser mãe/pai?

Deixe seu comentário aqui!



quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Medo do Lobo Mau????

É incrível como as crianças ficam fascinadas pelas histórias infantis. Têm a capacidade de fantasiar e se transportar para as cenas e momentos. Davi é fã dos três porquinhos, e ainda mais do Lobo Mau. Uma mistura de medo, respeito e adimiração. Também gosta do Jacaré, do Sapo Cururu e da Dona Aranha!

Mas com o Lobo Mau nós nos divertimos. Uma praça arborizada vira facilmente a floresta do Lobo Mau, em casa, uma cabaninha improvisada vira a casa do vilão das histórias de nossa infância. O mais legal é que ele tem que ser o Lobo Mau quando brincamos! Outro dia, falei que eu seria o Lobo e ele começou: - Por favor, não derruba minha casa.... Hoje, acordou e em poucos minutos era o Lobo soprando o pai.

Uma delícia de viagem!!!!!

Olha que formosura o meu Lobo Mau....É ou não é um charme só?????



domingo, 21 de outubro de 2012

Semana da Criança com muita brincadeira!

Semana passada foi muito especial por aqui! Dia das Crianças! Aliás, semana toda da criançada!

Davi aproveitou a gincana das crianças na escolinha, brincou com a prima Rebeca, que passou uns dias em Salvador, foi visitar o Lucas, e se divertiu muito com os carrinhos e brincadeiras. 

A semana teve direito a explorar novidades, teve peça de teatro da bruxa na escola, a guloseimas, na festinha do dia das Crianças no prédio dos meus sogros. Muita fantasia na casa do Lucas, e lógico, a brinquedos!

Teve ainda domingo de praia e almoço na casa do Martim, com muita brincadeira, uma visita à Turma do Cocoricó, no Shopping, e uma tarde no Circo do Marcos Frota....

Alguns cliques da semana:


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Naturalidade, leveza e Alegria

Depois de dois anos resolvi voltar a praticar Yoga. Hoje foi a segunda aula da semana!. O professor, ao final, no relaxamento, destacou que devemos levar a vida com Naturalidade, Leveza e Alegria, e que para sermos felizes e realizados, podemos, entre outras ações, alimentar estes atributos.

Lembrei imediatamente de Davi, e de todas as crianças! Puras, felizes, sinceras, e alegres. 

Nós, pais e adultos, muitas vezes não percebemos, com a correria da vida, o aprendizado que temos com a infância, é como se revivêssemos os velhos tempos. 

Em agosto, na festa de um aninho da Marina!!!

Gestos simples, pequenas descobertas, sorrisos sinceros e demonstração de descontentamento levam às crianças a serem os mais belos seres do mundo.

Obrigada Davi, por estar entre nós, contribuindo para que sejamos seres humanos melhores!

Te amo! 

Parabéns pelo Dia das Crianças, celebrado amanhã com muita brincadeira, leveza, naturalidade e alegria!

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Gosto pela música


Desde bebê, ou melhor, desde a barriga, Davi curte uma boa música... O que mais fiz na gravidez foi ouvir música... No deslocamento para o trabalho, em casa, para dormir, para fazer yoga, para malhar. Depois que o filhote nasceu a música automaticamente se incorporou à nova rotina, para os momentos de relaxamento do bebê, para brincarmos, sempre com uma trilha apropriada.

A própria escolinha que escolhemos para colocá-lo, ainda com um ano e mês de idade, conta com aulas de músicas já desde o iniciante (berçário)... Nem precisa dizer que no café da manhã para celebrar o níver da minha mãe, numa agência de livros em BH (a Status), Davi se deliciou com o chorinho que era a atraçao. No clique, ao fundo... Davi, vovó Rosinha e mamãe (eu), curtindo um bom som!

A sensibilidade musical de Davi é perceptível, e já sabe o que gosta ou não.... Estivemos no casamento de uma amiga, no início de setembro. Davi abriu a pista de dança. Curtiu Rock, dancing e música brasileira em geral, mas quando o Dj partiu para um pagode ... rsss a frase do moleque foi instatânea! "Qué não mamãe!!! E saiu correndo!

Bom investimento este! Rssss


Quase um mês sem postar....

Quase um mês longe daqui e com muitas novidades! Davi está cada vez mais falante, cantante, e com a personalidade forte!

Bem, mês passado passamos um dia em BH, de 15 a 25 de setembro... Foi ótimo...Oportunidade de reunirmos todos nós (minha família), já que minha irmã, que mora no Rio estava lá e nossa ida coincidiu também com a presença de meu pai e irmão, que muitas vezes viajam a trabalho...

Fomos para aproveitar o resto de minhas férias e também para celebrar o aniversário de minhã mãe, vovó Rosinha, e o casamento de meus pais....

Deixo, para começar, o registro de nós seis juntos! Oportunidade rara diante das agendas de trabalho de cada um!
A foto é de Juliana Müller, namorada do mano!