quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Caras e Caretas




Este post é para deixar uma lembrança de caras e caretas do Davi ao dois anos e quatro meses; Afinal, se depender das mães, a lembrança que fica da infância é cheia de sorrisos e dos melhores momentos, mas no dia a dia tem bico, cara feia, bocejos... Fica o registro!!!!

O Click foi no final de julho, está entre as poucas fotos que sobreviveram ao sumiço do meu celular no final das férias!


Cebolinha... Estranho!!!!

Nos primeiros meses de vida Davi foi apresentado ao Cebolinha, da Turma da Mônica, por uma amiga minha, Cláudia Lessa, que deu um mordedor do personagem para o filhote...

Por muito tempo o boneco foi companhia de todas as horas e locais: banho, saídas rápidas, praia, viagens... Depois disso veio o bolo de um aninho, que era o Cebolinha, o velotrol, até hoje do Cebolinha. O moleque ainda gosta, mas já passou o mordedor pra frente. Agora aumentaram os brinquedos prediletos... O Patatá, que infelizmente perdeu, o arara, também companheiro de muitas aventuras, o Pinote, o Wood, os carros e caminhões.

Em julho, passamos oito dias de férias em Fortaleza. Sei que estou devendo um post sobre isso aqui. Volto outro dia para escrever. Ficanos na Casa dos tios Raquel e Ernani (minha cunhada e marido) e da priminha Rebeca). Davi se divertiu. Um dia fomos passear numa pracinha do bairro, que tem um passeio de trenzinho e quem estava por lá? Um Cebolinha meio magrelo com sorriso congelado... De longe Davi adorou, mostrou, mas quando chegou perto, e aceitou o colo do personagem... bem, a carinha já diz tudo: Estranho!!!! rsss

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Papai do Céu mora onde?

Ontem à noite, quando estava colocando Davi para dormir, fomos fazer nossa "conversa com Papai do Céu". O hábito, diário, é mamãe rezar o Pai Nosso, a Ave Maria e orações para o Anjo da Guarda e depois agradecermos a escolinha, os pais, avós, amiguinhos, etc. Depois começamos a cantarolar e o filhote apaga.

Acredito que religião é importante para a vida e uma decisão a ser tomada quando adulto, mas a espiritualidade tem que ser tratada naturalmente, no cotidiano, pelos pais. Faz parte da formação da criança. Davi ganhou uma bíblia para crianças ainda bem novinho, e sempre lemos e falamos de Papai do Céu. Reconhece imagens de santos (somos católicos) e já sabe que antes de dormir é hora de "conversar com papai do céu". Na segunda passada, eu achei que ele estivesse dormindo, coloquei na cama e ele abriu o olhinho e disse: - Bora conversar com Papai do Céu? 

Achei divertido. Ontem mais uma surpresa, estávamos conversando com Papai do Céu quando o filhote olhou pra mim e perguntou: "Papai do Céu mora onde?". Sorri e respondi que fica lá no Céu, protegendo aqui na Terra. É emocionante ver nossos pequenos crescerem e começar a entender o Mundo.

domingo, 2 de setembro de 2012

Corte sem traumas...

Nas últimas semanas Davi estava reclamando muito do cabelo.

- "Bagunçou o cabelo mamãe!", e tirava do olho toda hora.

Como a última ida ao cabelereiro (primeira após o primeiro corte) tinha sido traumática, com muito choro. (vejam o post aqui no blog)... Preparei o filhote por uma semana.

Tá na hora do Davi cortar o cabelo para ficar bonito... e sábado da semana passada, dia 24 de agosto, acordei cedo disposta a levar o filhote. Desta vez em um novo salão...



Davi já saiu de casa dizendo que iria cortar os cabelos, curtiu os brinquedos do salão, brincou no carro onde sentou para cortar os cabelos e ficou compenetreado observando o corte...

Está crescendo este menino... e convencido!

"Bonito mamãe!", o moleque disse... e bem que tem razão, não é mesmo?